Presidente 2º Sgt PM Walter Carvalho da CUME Entra Em Defesa Dos Moradores do Condomínio América

Na manhã desta quarta-feira (05/07/2017), o Presidente da CUME 2º Sgt PM Walter Carvalho, compôs a mesa junto ao deputado CABO JÚLIO e demais autoridades que discutiram na  Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), sobre a vulnerabilidade de policiais militares, agentes e suas respectivas famílias que moram no Residencial das Américas, em Belo Horizonte, e se encontram na iminência de serem despejados por determinação judicial.

 

Em seu discurso o presidente da CUME, repudiou a decisão do Estado, pois tal medida fere o princípio da dignidade da pessoa humana. Sugeriu a suspenção da ordem de despejo e também falou sobre uma reunião que teve com governador Fernando Pimentel no mês anterior, onde ficou firmado com equipe de governo uma nova reunião para encontro de contas, momento esse que possibilitaria abater na divida do Estado relativa ao pagamento de férias prêmio dos servidores na aquisição dessas moradias.

 

Ademais cobrou ainda o presidente da CUME que fosse dado o direito de preferencia na compra das moradias funcionais aos militares que no momento em razão de estarem na condição de ameaçados por terem prestado serviços a sociedade, garantindo assim a previsão constitucional do direito a moradia.
O objetivo da audiência pública é encontrar uma solução para que as residências desses servidores públicos sejam mantidos, além de continuar dando o direito de moradia segura para os militares e agentes que são ameaçados em razão de suas profissões.

 

De acordo com CABO JÚLIO existe uma negociação envolvendo o governador do estado para que esses imóveis funcionais sejam vendidos aos militares. Já que o estado não tem interesse em ser dono de imóveis.

Segundo o parlamentar essa intervenção deve ser rápida uma vez que já existem muitos militares em mandato de despejo.

“Consegui que esses despejos sejam paralisados e na semana que vem teremos uma reunião envolvendo todos os autores para definirmos uma estratégia de venda desses imóveis para os militares”, afirma CABO JÚLIO.

Durante a reunião, o Deputado conversou com o Advogado Geral do Estado, Dr. Onofre que garantiu a paralisação dos despejos.

“Quem tem problema tem pressa, e é por isso que as coisas precisam ser resolvidas de maneira rápida e efetiva”, conclui CABO JÚLIO.

CABO JULIO parabeniza a mobilização de todos e se coloca à disposição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *