Buscar

ATÉ QUANDO TEREMOS QUE ACEITAR CALADOS VIOLÊNCIAS CONTRA NOSSOS IRMÃOS DE FARDA?

Ouvimos a todo tempo que a Polícia Mineira é referência em prestação de serviço e honestidade e louvamos por esta teoria, contudo na prática a triste realidade é que a sociedade pouco se importa com isto e continua vendo os nossos valorosos militares como sendo um “mal necessário”.


Reforçando a assertiva acima, apresentamos um momento de indignação com o fato ocorrido com nosso irmão de farda, CABO THIAGO, em atuação numa ocorrência de trânsito nas dependências do CEASA, onde foi covardemente agredido pelos infratores e, o mais triste de tudo, foi as pessoas ao derredor assistindo a cena e vangloriando com ação dos agressores.


Sabedores que a segurança pública é direito e responsabilidade de todos conclamamos ao nosso Comandante Geral para que tome todas as medidas necessárias para que seja feito justiça e todos os envolvidos sejam punidos no rigor da Lei.


Na nossa profissão enfrentamos os mais diversos tipos de desafios, mas nunca nos redemos e sacrificamos até nossas vidas em prol de manter a ordem. O povo brasileiro precisa confiar mais na sua Polícia e entender que ao tentar fragilizar nossos profissionais e enfraquecer o Sistema mais o crime fica fortalecido e assim sendo todos ficam à mercê dos comandos paralelos.


Lamentamos este acontecimento e se solidarizamos com o policial militar ferido bem como destacamos a importância de seu papel na segurança. Ato continuo nos colocamos à disposição, disponibilizando nosso Jurídico, para o que for necessário em busca de uma resposta rápida. Não podemos aceitar, nunca, este tipo de atitude por quem quer que seja.


WESLEY CATITU

PRESIDENTE DA CUME

Posts Relacionados

Ver tudo