top of page
  • Foto do escritorEquipe de Comunicação CUME

Nota de Repúdio

NOTA DE REPÚDIO

A CUME – Central Única dos Militares Estaduais de Minas Gerais, na qualidade de entidade de classe representativa dos profissionais de segurança pública, manifesta, através desta nota, repúdio total e absoluto contra as falas proferidas pelo Sr. Vereador Tarcísio de Morais e a Sra. Tanilda Araújo, representante do Conselho Municipal de Direito das Mulheres, durante Audiência Pública realizada na Câmara Municipal do Município de Alfenas/MG, no dia 30/08/2022.


É sabido que a imunidade parlamentar concedida aos membros do Poder Legislativo nos âmbitos federal, estadual e municipal impedirá que qualquer medida judicial para responsabilização cível ou penal das autoridades mencionadas seja tomada. Contudo, é importante frisar que a liberdade de expressão no ordenamento jurídico brasileiro possui limites estabelecidos, não sendo possível a qualquer cidadão emitir opiniões ofensivas a outrem sem lidar com as possíveis consequências.


É lamentável ainda que os servidores que prestam seus serviços com afinco e zelo para manter a ordem pública sejam ofendidos de forma vil e torpe, por pessoas que desconhecem as dificuldades enfrentadas no dia a dia de um presídio ou casa de custódia.

A CUME reitera sua repulsa às ofensas travestidas de emissão de opinião direcionadas aos policiais penais da cidade de Alfenas, não deixando de alertar que os ultrajes se estendem à toda classe dos agentes de segurança pública do Estado de Minas Gerais.


Alerte-se ainda que, em ano de eleições no âmbito federal e estadual, nossos associados devem escolher seus representantes com zelo e atenção.


Mais uma vez, estamos atentos à expressões e atitudes desta natureza e não toleraremos em nenhuma hipótese tais práticas.




Belo Horizonte, 02 de setembro de 2022.


Atenciosamente,



CUME

Gestão “Um Novo Tempo!”

Comments


bottom of page