top of page
  • Foto do escritorEquipe de Comunicação CUME

Guarda Municipal aceita proposta da PBH e encerra alerta de greve

A partir de outubro de 2022 vai ocorrer a incorporação de 20% Gratificação por Disponibilidade Integral (GDI) mais 87,5% do adicional de risco ao salário da corporação.



Foto: Rodrigo Clemente (PBH)

A Guarda Municipal de Belo Horizonte aceitou nesta sexta-feira, 4, em assembleia realizada pela categoria, uma das propostas de negociação salarial apresentadas pela Prefeitura de Belo Horizonte. Dessa forma, o alerta de greve - que já durava duas semanas - acabou.


A partir de outubro de 2022 vai ocorrer a incorporação de 20% Gratificação por Disponibilidade Integral (GDI) mais 87,5% do adicional de risco ao salário da corporação.

Além disso, haverá revisão da legislação para consideração do adicional de risco no gozo das férias prêmio.


O executivo também se propôs a rever o valor da indenização de uniformes dos guardas municipais. Dessa forma, o pagamento do auxílio uniforme para os veteranos - que ocorre todo mês de setembro – vai saltar dos atuais R$ 793,83 para R$ 1.095,49 este ano, o que represente 38% de aumento.


Para os recém-formados, o auxílio fardamento vai saltar dos atuais de R$ 1.786,12 para R$ 2.464,85, o que representa também 38% de aumento.


Quando a prefeitura incorporar as gratificações ao salário, o ganho remuneratório médio da corporação vai variar entre 7,72% e 13,89% dos salários.


Conforme explica o guarda municipal Luciano Tomaz, diretor do sindicato da categoria, a proposta de aumento de 11% dos salários - que foi anteriormente ofertada pela PBH - acabou não ocorrendo, em detrimento das incorporações.





Commentaires


bottom of page